Pesquisar

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Você acha difícil fazer feijão? Dá uma lida aqui!


Eu cozinho desde criança. Fazia bolo, macarrão, salada de fruta, farofa de tatuí e toda sorte de comidinhas que uma criança pode fazer sem se machucar. A medida que fui crescendo, aprendi a assar carnes, fazer arroz, risoto, salpicão, ensopados, saladas... Mas toda vez que queria fazer feijão, minha mãe e avó tomavam a frente e faziam primeiro. Com o tempo, fui perdendo o interesse e achando que era muito complicado.
Recentemente, pensando sobre esse bloqueio, comecei a perguntar às pessoas sobre isso. Minha mãe confessou que tinha medo que eu mexesse na panela de pressão, assim como a minha avó. Alguns amigos e amigas ou não comem ou não fazem e pegam feijão pronto com a mãe, sogra ou qualquer pessoa próxima que o faça.
O fato é: afinal, por que eu não faço feijão? E por que ouço tanta gente dizer que fazer feijão é difícil?
Dia desses em que a gente acorda resoluta da vida, fui ao mercado, comprei um saco de feijão e procurei saber como fazia. Afinal, não poderia ser tão difícil assim! Vamos ao passo a passo do meu primeiro feijão:
Medi um copo de feijão, coloquei dentro de uma panela de pressão pequena (cerca de 2,5l) e acrescentei água suficiente para cobrir os grãos. Deixei de molho por 1h e escorri essa água. Depois acrescentei água até que preenchesse um pouco menos que a metade da panela, fechei com a tampa, liguei o fogo e após começar a fervura, contei 20 min.
É importante ressaltar alguns detalhes do uso da panela de pressão: nunca encha de água até a tampa (a água precisa de espaço pra ferver), preencha de água até a metade da altura da panela. Feche bem, ligue o fogo e quando começar a chiar (quando a válvula roda e faz barulho) abaixe o fogo e conte o tempo.
Terminado o tempo de cozimento, deixei esfriar antes de abrir a panela. O feijão estava pronto para ser temperado!
Numa panela comum, refoguei alho (ou use temperos de sua preferência). Eu gosto com muito alho! Acrescentei o feijão já cozido e sal a gosto. Deixei ferver e fui mexendo e acrescentando água até o caldo engrossar ou ficar encorpado ao gosto de quem tá fazendo.
Depois de já ter feito alguns feijões bem gostosos, fico pensando que é mito essa história de que fazer feijão é difícil. O pior é que propagamos essa história e muita gente acaba deixando de saborear essa delícia em casa. Não há feijão como o feijão caseiro!
Ajudando a reforçar o mito, está a panela de pressão. Ela é um utensílio super útil e que demanda atenção durante o uso como qualquer outro. Não fique sem feijão por causa disso!
Posso afirmar por experiência própria que feijão é mais simples de fazer que omelete, frango assado ou salpicão. E ainda fica bom mesmo depois de armazenado no freezer. É um alimento super nutritivo*, saboroso e é a cara do Brasil! Então, quebre também o gelo entre você e o feijão que eu garanto que dá um bom caldo! ;)


Bons feijões e feliz ano novo!


*mais informações: http://www.agencia.cnptia.embrapa.br/Agencia4/AG01/arvore/AG01_2_28102004161635.html



























Um comentário:

none disse...

Com panela de pressão é fácil. Difícil é deixá-lo macio cozinhando na panela normal - tem q deixar por horas e horas e horas.

Um modo de engrossar o caldo é macerar parte do feijão cozido. O amido liberado vai dar mais consistência.

[]s,

Roberto Takata