Pesquisar

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Para combinar: Kümmel e  hortelã

Sei que ando sumida por aqui. Além das horas investidas nos livros e artigos para entender melhor como se dão as questões da Educação Nutricional para poder escrever textos interessantes e contribuir de maneira mais consistente_ adoro essa palavra_, tenho também me embrenhado nos caminhos da crítica cinematográfica, minha outra paixão.
Dito isso, aproveito o meu dia de repouso_ joelho lesionado_ para falar desta minha paixão pela alimentação. E para tal, me senti tentada a falar de café. Mas, porque? Quem me conhece, sabe que eu amo cafeterias. Fico feliz como criança quando descubro uma cafeteria nova e chamo os amigos para conhecer. Não só pelo lugar que me encanta com seu charme e gastronomia singular, mas, claro, pelo café! 
Hoje de manhã me deliciei com uma combinação descoberta recentemente: um pão com Kümmel* sobre o qual eu passo uma camadinha de doce de leite argentino. Para acompanhar: café forte! Delícia! O que tem de tão especial nisso? O Kümmel tem um sabor que lembra o anis (algo picante e refrescante ao mesmo tempo) que combinado ao doce de leite (com sabor bastante doce e "fechado") resulta num sabor equilibrado e delicioso, principalmente indicado para quem gosta de doce, mas se incomoda com aquele sabor doce exagerado que fica na boca, meio enjoativo.


Outra combinação descoberta dia desses passeando na serra, foi o bolo de nozes* com hortelã para acompanhar o café! Essa combinação segue a mesma lógica. Para aqueles que acham o sabor das nozes (algo muito "terroso") enjoativo, olha que beleza: a hortelã dá a refrescância que as nozes precisam para serem felizes. Resultado, aquele bolo que tinha tudo para ter um sabor intenso e "cansativo" para algumas pessoas, fica leve e gostoso! E o café vem completar o conjunto.
Para quem não curte café, indico qualquer outra bebida de sabor mais intenso como mate ou chá preto.
E, como nutricionista que sou, além de falar da gastronomia, dos alimentos e  de suas fascinantes características,  deixo a dica dietética também: comer essa delícia no café da manhã ou lanche da tarde, porque comer de sobremesa do almoço ou do jantar pode ser caloria demais para um metabolismo só.
*Kümmel: especiaria super utilizada na culinária alemã com sabor que lembra o anis
*nozes: refiro-me à noz da nogueira (que, pra mim, parece um  cérebro em miniatura, não acham?), aquele do clássico bolo de nozes. Explico isso porque nozes, na culinária, é nome genérico para uma categoria que inclui ainda noz de pecã, de macadâmia, avelã, castanha do pará, de caju e por aí vai.

Nenhum comentário: