Pesquisar

sábado, 29 de março de 2008

Pegando uma cor...

Você já comeu frango com açafrão, prato típico de Goiás? Eu ainda não tinha provado até achar a receita num livro meu de alimentação no Brasil. Num belo dia ensolarado em que eu estava transbordando disposição, resolvi comprar todo o arsenal e partir pra empreitada. Mas se acham que eu segui à risca tudo que estava escrito, estão muito enganados. A graça de uma receita nova é você prestar bem atenção nos ingredientes, no passo-a-passo da preparação, e fazer alguma (ou algumas) alteração que confere à dita um toque bem subjetivo.
Temperei o frango com bastante antecedência (costumo fazer isso na véspera) utilizando azeite, vinagre balsâmico, alho amassado, alecrim e sal. Quando fui ao mercado, acabei comprando cebolinha pra armazenar e usar outro dia, mas ao fatiá-la, tive uma idéia: usar as suas raízes, em geral descartadas, na preparação do ensopado. E foi o que fiz! No momento em que refogava a cebola, o alho e o pimentão vermelho em um pouquinho de azeite quente, acrescentei no fim as raízes e depois o frango pra corar. Em seguida fui adicionando gradualmente pequenas partes de água e o inhame fatiado (quase esqueci da falar dele...) até que toda essa mistura se transformasse num caldo consistente. Pra finalizar, salpiquei o açafrão e misturei bem, no fim do cozimento. O prato foi aprovado pelas duas criaturas que se dispuseram a fazê-lo: eu e minha amiga. As raízes de cebolinha desmanchavam na boca, levemente picantes. O inhame, antes com sua cor típica de coisa nenhuma, adquiriu um dourado sedutor e foi o grande responsável pela cremosidade do ensopado. O frango estava macio, suculento e com o tom levemente amargo e saboroso do açafrão, aliás, como todo o resto. Para acompanhar, fizemos um simples arroz branco. Além de gostoso, o prato ficou lindo! Modéstia à parte...

Nenhum comentário: